The Bridge

Título em Português: A Ponte

País: Estados Unidos da América

Realização e Argumento: Eric Steel

Ano: 2006

Classificação IMDB: 7,3/10

Sinopse: documentário que aborda alguns casos de suicídio ocorridos na Golden Gate Brige, em São Francisco, Califórnia, em 2004. Contém relatos de familiares e amigos próximos das vitimas.

Disponível através do Youtube


The Bridge marca a estreia de Eric Steel como realizador.
O documentário centra-se na ponte Golden Gate, em San Francisco. Mas não pensem que a narrativa é sobre este ponto turístico norte-americano.
O filme mostra-nos que é este o local com o maior índice de suicídios do mundo.

Steel registou diariamente, em 2004, a rotina sinistra da ponte. Além do movimento de carros, pedestres e turistas, foram captados mais de vinte suicídios!
O filme mostra pessoas a ultrapassar a barreira da ponte e a atirarem-se para a sua morte. Além de documentar o acto, o realizador incluiu depoimentos de familiares e amigos dos suicidas para tentar entender os motivos de tal atitude. O documentário é controverso e abriu discussões sobre a colocação de grades anti-suicidas na ponte.

Parte da polémica em relação ao projecto veio da forma como Steel o conduziu.
Ao solicitar às autoridades permissão para filmar no local, não deixou claras as suas intenções e assim conseguiu a autorização necessária. Além disso, durante as entrevistas, o realizador não disse aos familiares das vitimas que possuía imagens reais dos seus saltos.

Ética à parte, o problema do filme de Steel é a forma extremamente amadora como o assunto foi retratado.
São depoimentos e mais depoimentos dos familiares e amigos sobre as possíveis razões dos suicidas – e a lista é extensa: doenças mentais, depressão, esquizofrenia, entre outras enfermidades. É justamente aí que acontece o erro: não foram incluídos depoimentos de profissionais e psicólogos que pudessem explicar o motivo do uso da ponte pelos suicidas.
O filme não procura qualquer esclarecimento científico e essa carência de dados dá, ao mesmo, uma curiosidade mórbida.
Parece um simples registo de pessoas a atirarem-se. Nem o porquê dos suicidas escolherem atirar-se no lado que fica para a cidade de São Francisco é elucidado. O que poderia ter sido um relato definitivo e interessante, transforma-se num documentário oportunista.

Entre os testemunhos, são colocadas imagens de carros e nuvens em fast forward.
Claramente indicando que morrer é uma questão de tempo.
Segundo o próprio Steel, ao filmar a ponte envolvida por nevoeiros a intenção é mostrar que a construção representa o caminho entre a vida e a morte.

Dados sobre a construção da ponte, a sua dimensão e outras curiosidades que poderiam ajudar no entendimento também são ignorados, algo que contribuiria bastante para o interesse global do filme.

Não obstante, as imagens presentes neste documentário, são chocantes. A forma leviana como as pessoas dão o salto para a sua morte, é assombrosa.
Houve, em particular, um caso de uma vítima que me fez chorar: Gene Sprague.
De certeza que, caso a vida nos tivesse permitido conhecer-nos, seríamos eternos amigos…

Não colocarei imagens do documentário, por respeito à memória das vítimas.

Desde que a ponte foi inaugurada em 1937, mil e trezentas pessoas perderam a vida.
Muitos corpos nunca foram encontrados.
Foram levados para o Pacífico pela corrente marítima.
Este número ainda pode ser maior, já que existem casos de possíveis suicidas desaparecidos.

Desejo muita força às famílias, aos amigos, e aos transeuntes que assistiram ao salto de muitas pessoas. Ás vítimas… paz à vossa alma… espero que tenham encontrado a serenidade que tanto procuravam.

By: Lilly

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s